Top M Sicas De Fam Lia Ao Ar Livre

Vídeo para a disciplina de artigo científico As melhores de redação nota 1000 para o enem

Vamos considerar agora algumas características e relação mútua de dois tipos principais da memória que a pessoa usa na vida diária: a curto prazo e de longo prazo. O volume da memória a curto prazo é individual. Caracteriza a memória natural da pessoa e encontra uma tendência à preservação durante toda a vida.

A memória genética – pode definir-se tal no qual a informação se guarda em um genótipo, se desce e se reproduz. O mecanismo biológico principal do armazenamento da informação em tal memória é, ao que parece, mutações e modificações relacionadas de estruturas genéticas. A memória genética da pessoa – é uniforme, não é possível ter o impacto por meio de treinamento e educação nele.

Regularmente e outra afirmação não é obrigatória a ser a pessoa de médias ou em baixo de capacidades médias em absoluto para possuir uma memória infalível, tão por exemplo, na verdade grandes matemáticas como A. M. Ampere, John Wallace, Karl Friedrich Gauss, também possuiu uma memória infalível. Mas a memória, ajudando-os com o trabalho, não foi a causa da sua pessoa genial em absoluto.

A memória acústica é um bom armazenamento e a reprodução exata de vários sons, por exemplo musicais, discurso. É necessário para os filólogos, pessoas que aprendem línguas estrangeiras, a akustika, músicos. Faz uma espécie especial da memória de discurso verbal que se une estreitamente com a palavra, pensamento e lógica. Este tipo da memória caracteriza-se por isto a pessoa que o possui pode-se lembrar-se rapidamente e precisamente de sentido de eventos, lógica de raciocínios ou qualquer prova, sentido do texto legível, etc. Pode exprimir este sentido próprio em palavras e é bastante exato. Este tipo de professores de memória de escolas, conferencistas experimentados, professores de instituições de ensino superior, os cientistas possuem.

A memória a curto prazo une-se com a assim chamada consciência real da pessoa. Da memória imediata só que a informação que corresponde a interesses reais e necessidades da pessoa lhe vem, se chama a sua atenção especial.

De longo prazo é a memória capaz para guardar a informação no período quase ilimitado. A informação que veio a armazenamentos da memória de longo prazo pode reproduzir-se a pessoa algum tempo, sem perda. Além disso, a reprodução repetida e sistemática desta informação só consolida os seus traços na memória de longo prazo. O último supõe que a capacidade da pessoa em qualquer momento necessário se lembre de que uma vez se lembrou por ele. Usando a memória de longo prazo o pripominaniye necessita o pensamento e o esforço da vontade, por isso, o seu funcionamento na prática une-se normalmente com dois destes processos.

E em todo o caso é necessário dizer que a memória e a inteligência se interligam estreitamente, desde o a pessoa intelectualmente, o melhor nele memória. Deste modo, por exemplo, o vocabulário da pessoa é o indicador bastante bom, tanto memória como mente. Conhece-se que as pessoas com a experiência má gravitam pelo armazenamento mecânico.

Na natureza da participação da vontade em processos de armazenamento e reprodução da memória material compartilha no involuntário e algum. No primeiro caso avaro tal armazenamento e reprodução que acontece automaticamente e com pouco esforço da pessoa, sem afirmação ou antes de si mesmo uma tarefa mnemichesky especial (em armazenamento, reconhecimento, preservação ou reprodução. Tal tarefa seguramente está presente ao segundo caso, e o processo de armazenamento e reprodução exige esforços enérgicos.

Possivelmente, em casos excepcionais o cérebro pode ter tal estrutura que certo tipo da memória de longo prazo, por exemplo, em números surge com a tranquilidade especial e por isso há pessoas que se lembram de nomes e não se lembram da pessoa. E os cientistas vice-versa distraídos lembram-se de aspectos do sujeito aos detalhes mais pequenos, mas apenas lembram-se do endereço de casa.